15/10/12

A PARÁBOLA DO SEMEADOR



...E JESUS falou-lhe de muitas coisas, por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear... (Mt. 13:3)
E A SEMENTE FOI SEMEADA EM TIPOS DIFERENTES DE TERRENO;
MAIS ALGUMAS CAIU em boa terra, e deu fruto: um a cem, outro a sessenta, e outro a trinta. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. (Mt. 13:8,9)

Escutai vós, pois, a parábola do semeador.(Mt. 13:18)

...O que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta. (Mt. 13:23)

É interessante observa que, não é a parábola da semente, e sim a parábola do semeador, ele não está enfatizando aqui a semente, e sim a terra que recebe a semente.

A semente já existe, mais o fruto não é determinado pela semente, mais pela terra onde a semente e lançada.

Nem sempre é a palavra que nós ouvimos que não muda a nossa vida, mais muitas vezes é como estar o nosso coração quando recebemos a semente (palavra de Deus).

Pós de cara, rejeitamos o pregador, e em nosso interior criticamos o que ele fala, e rejeitamos o que ele nos entrega; Não foi assim que fizeram com Jesus em sua cidade natal, não foi assim que fizeram com Paulo, quando seus irmãos incitavam o povo contra ele.

É bem verdade, que os púlpitos, têm sido usados por vários tipos de mensageiros, e nem sempre todos tem lançado uma semente legitima e verdadeira.

Mais aqui, não quero eu, julgar as palavras e doutrinas ensinadas nos púlpitos a fora, que num balanço geral a maioria sempre chega ao um denominador comum, CRISTO.

Quero apenas trazer uma reflexão, sobre os pensamentos que povoam a nossa mente;

Jamais receberemos nada de Deus se nos acharmos perfeitos e melhores do que os outros, pós é isso que no fundo nos impedem de receber a palavra de Deus através dos seus mensageiros; Antes de julgarmos a pessoa que trás a mensagem, deveríamos julgar se a mensagem e verdadeira legitima e esta de acordo com o que Deus deixou escrito (a Bíblia).

Examinai tudo. Retende o bem; (I Ts. 5:21)

Precisamos entender que ninguém é perfeito, não vamos agradar a todos e nem todos iram nos agradar.

Mais o verdadeiro cristão, aprende a conviver com as diferenças, e entende que todas as pessoas sempre terão algo a nos ensinar.

Jamais cresceremos como cristão (ou como igreja) se sempre formos críticos, e achar que a verdade nos pertence.
A verdade absoluta que nos conhecemos é a PALAVRA DE DEUS, e essa verdade absoluta nos diz.

Sabeis isto, meus amados irmãos; mas todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.
Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus.
Pelo que, rejeitando toda a imundícia e superfluidade de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar as vossas almas. (Tg. 1:19-21)

A semente é a palavra de Deus, a terra onde ela e lançada e o nosso coração;
Prepara o teu coração e Deus lançara a melhor das sementes.