28/10/14

VIGIANDO O QUE FALA

A Bíblia conta a história de Davi, e diz que certa feita estava Davi no seu palácio, e olhando viu pela janela a mulher de um dos seus soldados (Urias), se banhando, não se contentando apenas em ver, premeditou no seu coração deitar-se com ela, não medindo esforços manda chama-la e tendo se deitado com ela, fica gravida a mulher. Na astucia do seu coração procurando uma solução para o problema, trama a morte de seu marido (Urias), e executa um plano audacioso, para que ele fosse morto no campo de batalha. Executado o seu plano e morto soldado ele toma a mulher como sua esposa; O fim dessa trama, que não acaba aqui, ilustra bem essa mensagem. Leia (II Samuel 11:1-27); Davi talvez tenha pensado que sendo ele o rei tudo passaria despercebido, esquecendo ele que todas as coisas estão descobertas aos olhos de Deus.

E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes, todas as coisas estão nuas e patentes, aos olhos daquele com quem temos de tratar. (Hebreus 4:13)

“assim são os homens, que pensão que podem fazer o que bem quiser, achando que não à justiça, eles si enganam pós se na terra a justiça falha, a de Deus e perfeita, e é melhor julgarmos a nos mesmos, e concertarmos o erro, que cair na justiça de Deus, pós diz às escrituras que ainda que o homem morra, ele um dia ressuscitará e prestará conta pelos seus atos”

Em II Samuel 11:27 esta escrito que isso pareceu mal aos olhos do Senhor; Então Deus envia o profeta Natan até Davi, pra fazer valer a sua justiça já que a do homem não havia como se cumprir;

Veja o que diz Natan a Davi:
...entrando ele a David, disse-lhe: Havia, numa cidade, dois homens, um rico e o outro pobre. O rico tinha muitíssimas ovelhas e vacas;
Mas o pobre não tinha coisa nenhuma, senão uma pequena cordeira que comprara e criara; e ela tinha crescido com ele e com seus filhos, igualmente; do seu bocado comia, e do seu copo bebia, e dormia em seu regaço, e a tinha como filha.
E, vindo ao homem rico um viajante, deixou este de tomar das suas ovelhas e das suas vacas, para guisar para o viajante que viera a ele; e tomou a cordeira do homem pobre, e a preparou para o homem que viera a ele.
Então o furor de David se acendeu, em grande maneira, contra aquele homem, e disse a Natan: Vive o Senhor, que digno de morte é o homem que fez isso...
Então disse Natan a David: Tu és este homem. Assim diz o Senhor, Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel, e eu te livrei das mãos de Saul;
E te dei a casa do teu senhor, e as mulheres do teu senhor... e mais te acrescentaria tais e tais coisas. Por que, pois, desprezaste a palavra do Senhor, fazendo o mal diante dos seus olhos?
A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste, com a espada dos filhos de Amon;
Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para que te seja por mulher.
Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei, da tua mesma casa, o mal sobre ti, e tomarei das tuas mulheres, perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres, perante este sol. Leia (II Samuel 12:1-9).]

“Eu vejo nessa história, a justiça de Deus e como é o julgamento humano, como somos rápidos para julgar, para dar uma sentença, como é fácil ver o pecado na vida dos outros, e como esquecemos que também somos falhos”

Julga alguém ou alguma coisa não é tão simples como parece, lembre-se quando apontamos um dedo para alguém tem três apontando para nós, e não é só isso, responderemos pelos nossos atos e também pelas nossas palavras perante o Nosso Deus e Juiz;

Deus ouve as nossas palavras – todas elas estão diante de Deus, “não sei se escritas ou lembradas” mais daremos conta de cada palavra que sai da nossa boca.

Vejamos o que diz a palavra de Deus:

Mas eu vos digo que, de toda a palavra ociosa que os homens disserem, hão-de dar conta no dia do juízo. Porque pelas tuas palavras serás justificado, e pelas tuas palavras serás condenado. (Mt. 12:36,37)

Porque todos devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal. (II Coríntios 5:10)

Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque, com o juízo com que julgardes, sereis julgados, e, com a medida com que tiverdes medido, vos hão-de medir a vós. (Mt. 7:1,2)

Portanto, ficas sem desculpa quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo. (Romanos 2.1)

Davi cometeu o mesmo erro que muitos de nós cometemos hoje, Julgou rapidamente uma situação e terminou condenando a si mesmo.


“pós naquilo que condenamos o outro, si fizermos o mesmo, julgamos a nós mesmo”